sexta-feira, 3 de julho de 2015

Filhos da Natureza (Repostagem)

Título Original: Börn náttúrunnar
Direção: Friðrik Þór Friðriksson
Gênero: Drama/Romance
Tempo de duração: 82 minutos
Ano de lançamento: 1991
Sinopse: O senhor Thorgeir deixa sua casa no interior da Islândia e se muda para um asilo na capital Reijavic. Lá ele encontra uma velha amiga de infância, Stella. Mesmo assim Thorgeir sente-se triste e, na companhia de Stella, ele decide roubar um carro para fugir. Juntos eles tentam redescobrir o sentido da vida. Concorreu ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1991.
Imdb: http://www.imdb.com/title/tt0101526/
Filmow: http://filmow.com/filhos-da-natureza-t26364/

Torrent (Legenda no arquivo)

15 comentários:

  1. Um roteiro delicado com temas como velhice, solidão, morte... um road movie com fotografia admirável... uma pitada de fantasia... trilha sonora excelente ... e temos este belo filme produzido na Islândia (país que tem uma população menor que muitas cidades interioranas do Brasil). No final, uma homenagem a Wim Wenders, com a presença de um dos seus anjos (Bruno Ganz) entrando em cena... como um anjo.

    Ajude a manter ativo o torrent dessa raridade.

    ResponderExcluir
  2. Te agradeço infinitamente por ter postado o filme. A um tempão tenho muita vontade de vê-lo. Dai recentemente assisti Mamma Gogó do mesmo diretor, que no inicio do filme apresenta "Filhos da Natureza" e conta suas dificuldades financeiras adquiridas após a realização do filme em paralelo com a doença da mãe.
    Obrigada, visito seu blog diariamente e adoro!! ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eve. Pretendo postar, brevemente, Mamma Gogó. Obrigado pelo carinho.

      Excluir
  3. o teu blog é utilidade pública!!!

    PARABÉNS!

    Breno Freitas

    ResponderExcluir
  4. Parabéns cinéfilo pela ótima postagem, grande abraço e vc esta bem ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Rafael. Tudo em paz e um forte abraço.

      Excluir
  5. Envelhecer é nossa natural destinação e o abrigo dos conflitos de ser o inadiável que se tenta adiar.
    A velhice talvez seja como um largo e longo abraço que nos é dado desde o dia que nascemos, que de tão grande nos movemos nele, se o abraço é aconchego ou prisão é o caminhar do caminhante que dirá, assim como o tempo vai se dizendo a semente que se torna árvore, se faz flor que se vira no fruto em que se perpetra nova semente. Filhos da Natureza deveria ser o privilégio em serem as sementes, dentre as que se perderam, que cumpriram sua jornada natural.
    No entanto a Natureza da qual somos frutos traz a marca indelével na semente de sua diferença e assim pela metáfora poderia entrever um envelhecer como o entardecer em que a neblina se aproxima e então a morte seria como um desvencilhar-se de bagagens desnecessárias para viagem de outro abraço.
    Ainda que seja destinação, o "como" se pode caminhar é o caminhante que o fará.
    Bom dia Cinéfilo! Cuide bem dos seus.
    Bonita postagem, Filhos da Natureza é um filme que faz pensar, A Islândia tem um cenário de encantar.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As suas palavras também levam a reflexão. Abraços

      Excluir
  6. Respostas
    1. Beth, o link uploading está ativo. Mesmo assim corrigi o multishared. Abraços.

      Excluir
  7. Obrigada, baixando para conferir, pelos comentarios deve ser muito bom esse filme. Cinéfilo um grande abraço.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Cinéfilo,
    O link está indisponível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Gabriel. Um link resiste de seis a oito meses. Há muitos links quebrados, não tenho tempo para procurar torrents ativos. Mesmo assim repostei o arquivo original, espero que o torrent ainda tenha seeds ativos.

      Excluir
  9. Esse filme é sensacional! Assim como qualquer coisa do Friðrik Þór Friðriksson. Assistirei novamente, vale muito a pena. Obrigado como sempre.

    ResponderExcluir